MEDITAÇÃO

            O objetivo desta página é  levar as pessoas que a lerem uma forma rápida e objetiva de alcançar o estado de relaxamento mental e físico, tão difícil e necessários nos dias atuais e de agora para o futuro.

            Não estamos tecendo literaturas sobre a meditação, mas sim tornando-a de forma prática. Com certeza os efeitos desta prática milenar será sentida nos primeiros minutos de sua iniciação. Estes conhecimentos não se baseiam em crenças religiosas, mas nos conhecimentos adquiridos pela humanidade desde o seu principio. É a busca do seu “Eu” e o encontro com a luz que é você mesmo.

                                   Muita Paz...

 

 

 

Meditando com a Luz

         A beleza da luz que afasta as sombras, que anula as trevas é que levou-me a escrever sobre a meditação com a luz.

         A meditação é um ato de contemplação interior, uma busca do seu  “Eu”  divino, sua ligação com a inteligência universal que é todo saber. A luz que espargi  em todo o cosmo é na verdade a vossa própria luz. Você só poderá senti-la quando libertar em vós o lume materializado e transformá-lo em fótons  retilíneos e ondulantes, desprendendo as ligações sutis do seu corpo energético, fazendo projetar a sua consciência nos mesmo níveis do inconsciente. Neste instante o seu “Eu” é total, não mais é fragmentado. Este é a magia da meditação com a  luz, que é você mesmo. E mais, perceberás que a sua individualidade é coletiva, além da razão e da inteligência, mas na linha do sentimento.

         Vamos buscar o caminho da Luz? Então caminhemos...

         Podemos começar falando da meditação:

Verbete: meditar

[Do lat. meditare.]

V. t. d.

1. Submeter a um exame interior; pensar em:  

2. Estudar, ponderar, considerar:    

3. Projetar, intentar, planear, planejar.

V. int. e t. i.

4. Fazer meditação; refletir, pensar:    

S. m.

5. Meditação.

 

         Nos tempos de hoje, estamos cada vez mais sem tempo, ou melhor não estamos sabendo administra-lo. As conseqüências desta má administração são os estados de ansiedade, angustia, stress e a depressão, pois nos sentimos inferiores e insolventes dentro do esquema, pois a meta é infinita. É a busca do imponderável, descobrimos que não temos limites, mas não lembramos que para as conquistas se faz necessário a organização. E, esta organização começa em nosso corpo, em nosso espírito, na nossa alma.

         A pratica da meditação consiste num momento de introspecção. É o instante que deixamos de lado os problemas que nos angustiam e aqueles que nos deixam ansiosos. Quando falamos em deixar de lado os problemas, não estamos falando em abandona-los a própria sorte num ato irresponsável. Falamos sim, em colocá-lo de lado, ao nosso lado, para que possamos buscar em nosso interior as soluções contidas em nosso subconsciente. Estas práticas parecem um pouco com os processos de hipnose, mas é uma auto-hipnose, pois o indivíduo canaliza para o seu interior as energias que estava gastando desordenadamente e nisto começa a se relaxar, usando a respiração como princípio.

USANDO A RESPIRAÇÃO

         Este relaxamento começa na respiração profunda, uma inalação forte de ar, depois deixando o ar sair lentamente, e , novamente e por mais duas vezes o mesmo processo. Depois respira-se lentamente, quase parando e prestando atenção em sua respiração, somente nela.

         Este exercício deve ser feito deixando o corpo na posição vertical e procurando sentar-se de preferência no chão, assoalho, tapetes, almofadas,  mas deixando a parte superior do corpo ereto. Mantenha os braços soltos sobre os joelhos, apoiados neles. Feche os olhos, sem forçar e tenha a cabeça harmonizada com o corpo, mantendo a posição vertical do pescoço. As pernas podem estar cruzadas ou esticadas, na forma de melhor conforto.

         A inalação de ar (respiração) inicial tem a finalidade de superativar em nossos pulmões a oxigenação do sangue que irá ao cérebro, para que ele possa responder melhor ao processo de meditação.

         No início do processo devemos colocar uma música suave que harmonizará o ambiente, mascarando os outros sons que possam existir. Mas deixo claro que durante o processo avançado de meditação até o som da música deverá desaparecer, e daí em diante não mais precisaremos de  música para harmonização, pois faremos a meditação em qualquer lugar ou ambiente.

         A meditação tem a capacidade de aumentar a nossa percepção mental. Observamos que pessoas quando se submetem a este processo tem maior facilidade de recordar fatos passados e,  ajuda muito na Terapia de Vidas Passadas.

         A grande finalidade da meditação é o auto-conhecimento. Conheça-te a ti mesmo e conheceras o Universo.

         O nossa vida terrena compreende um corpo físico e um corpo espiritual. Este conjunto nos faz viver materialmente. O nosso corpo físico é fruto da nossa mente (mente = espírito), a sua saúde depende da  saúde de nosso espírito. O nosso auto-conhecimento passa obrigatoriamente pelo conhecimento do nosso espírito, da sua manifestação física e extra-física, pois podemos ter consciência corpórea e extra-corpórea, no caso de desdobramento, quando o espírito temporariamente assiste em outros lugares independente do corpo físico.

         O auto-conhecimento nos facilita a capacidade de auto-afeto, o amar a nós mesmo. O amor começa em nós, como na verdade tudo começa em nós, somos o princípio e a eternidade. E  quando, no ato aparentemente egoísta, passamos a nos amar, algo de mágico passa a acontecer, as pessoas e as coisas também começam a nos amar e neste instante inicia-se um processo de troca de amor, cria-se uma corrente de luz nos unindo a tudo e a todos. Mas o princípio está em nós.

AS CORRENTES DE ENERGIAS

         Quando nos posicionamos para a meditação, nos colocamos na posição de melhor conforto. Gosto muito da posição sentado e o resto do corpo na vertical, pois facilita as correntes de energia, embora deitado possamos fazer as mesmas coisas.

                   As correntes de energia magnéticas se colocam numa posição típica de uma cruz: elas se cruzam. Podemos dizer que a corrente de pólo negativo cruza com a de polo positivo, não querendo falar com isto que são energias boas ou ruins, são apenas polaridades elétricas, assim como é a eletricidade de nossa casa. Estas correntes magnéticas  apresentam como um novelo de lã que envolve  o planeta Terra, tem uma ação horizontal, penetra tudo e todos horizontalmente, e a outra polaridade atravessa o planeta Terra, como se fosse agulhas na posição vertical.

         Estas duas correntes se cruzam a todo instante produzindo descargas energéticas que possibilitam a vida do planeta e com isto tudo o que nele existe, conforme a sua força gravitacional. Nestas ligações de energia encontraremos a forma de nos libertar do campo gravitacional terreno que nos prende a matéria.

 

      

No desenho acima procuramos mostrar como as energias atuam no planeta Terra.

         Estas energias, positiva e negativa são as mesma que a religião católica busca uniformizar em nosso corpo quando nos é ensinado o “sinal da cruz”. Aquele ato aparentemente simbólico, é na verdade quando buscamos direcionar as correntes de energia, buscando na vertical e na horizontal. Os adeptos da  Maçonaria e da Rosa Cruz buscam os mesmos princípios em seus rituais: a retificação da energia em forma de cruz.

MEDITANDO

         Agora vamos a meditação propriamente dita:

         Conforme foi  explicado, procure colocar uma música bem relaxante para mascarar os sons externos.

         Coloque-se numa posição ereta, mas sentado, tipo Ioga. Não precisa ser na posição exata de um “guru”. Sente e cruze as pernas, uma para um lado e outra para o outro lado. Feche os olhos e respire profundamente e solte. Faça isto por três vezes.

         Agora, deixe a respiração correr o seu curso normal, mas fique observando o entrar e sair do ar pelas narinas. Faça que a sua atenção seja apenas para este ato: a entrada e saída de ar pelas narinas. Se algum pensando ou imagem vier para a sua mente é porque você se distraiu. Volte imediatamente a observar a entrada e saída de ar das narinas. Este comportamento de observar a entrada de ar nas narinas deve ser constante, deve ser a sua única atenção. Procure fazer esta meditação diariamente começando com 1 minuto no primeiro dia e parar. No segundo e terceiro dia ficar 2 minutos e parar. No quarto dia procure ficar 5 minutos até o décimo dia. Após estes dias fique 10 minutos até o vigésimo dia. Depois fique 15 minutos ou mais nos dias conseqüentes, podendo chegar a 20 minutos que é o tempo ideal. Nada impede que fiques por horas meditando.

BENEFÍCIOS DA MEDITAÇÃO

         A meditação é um dos métodos mais antigo usado para dinamizar a mente e relaxar o corpo, em poucas palavras é o treinamento da atenção, pois desenvolve a capacidade de concentração favorecendo a nossa percepção nos cinco sentidos e na percepção extra sensorial.   A meditação proporciona ao corpo um repouso profundo, mas deixa a mente alerta, fazendo baixar a pressão sangüínea e diminui o ritmo cardíaco, colaborando com na recuperação do stress. O repouso profundo proporcionado pela meditação reforça o sistema imunológico, defendendo o organismo contra bactérias, cânceres e doenças viróticas.

         A paz interior com certeza será o efeito mais importante do meditante, pois será o escudo contra as turbulências diárias

         Espero que descubra uma maneira mais feliz de viver, pois se você estiver bem, com certeza o Universo também estará.

         Amor e Luz...

Márcio Pontes - Psicólogo

 

  [ Página inicial ]                [ VOLTAR ]